Terapias Integrativas

Terapias integrativas

O Ministério da Saúde recomenda o uso das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde e o INSTITUTO SAÚDE & VIDA capacita você!

A Quem Se Destina?

Interessados no estudo, aperfeiçoamento, qualificação e aprimoramento das Práticas Integrativas em Saúde e profissionais de áreas de conhecimento relacionado. Para o curso de formação, não é necessária titularidade de graduação.

A prática das Terapias naturais integrativas e complementares chega através de uma nova visão do processo saúde doença, e insere-se num novo panorama da Saúde Pública no Brasil: a inserção de Práticas Integrativas e Complementares é estimulada pelas políticas do Ministério da Saúde, em especial pela Portaria N.º 971 de 3 de Maio de 2006 que aprovou a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS e, posteriormente, o Decreto N.º 5.813, de 22 de Junho de 2006 que aprovou a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos (PNPMF). Além das possibilidades de trabalho dentro setor público, a empregabilidade também é possível no setor privado: consultórios, clínicas, SPAS, Resorts, centros de estética, entre outros.

São muitas as práticas consideradas dentro das terapias naturais integrativas e complementares, muitas delas constituídas dentro Medicina Tradicional Chinesa. Muitas se apresentam em cursos de pós graduação para profissionais específicos da área da saúde, outros sendo cursos técnicos e alguns podendo ser na modalidade de cursos livres. O instituto Saúde & Vida procura trazer os mais conhecidos e procurados que cabem dentro da modalidade de cursos livres, vamos aqui citar alguns: shiatsu, massagens, florais, auriculoterapia, acupuntura, plantas e ervas fitoterápicas, reiki, cromoterapia, reflexologia, aromaterapia, práticas alimentação saudável, reaproveitamento alimentos, aconselhamento dietético com base e princípios na medicina chinesa, shantala, ventosaterapia, magnetoterapia, moxabustão, exercícios terapêuticos individuais e ou coletivos como lian go, entre tantos outros, vamos também descrever brevemente alguns dos citados acima.

Cromoterapia


A Cromoterapia pode ser definida como o tratamento que, por intermédio das cores, estabelece o equilíbrio e a harmonia entre corpo, mente e emoções. Cada cor tem sua função terapêutica específica no corpo humano. Sendo assim, ao serem acionadas, as cores impactam fortemente nessas áreas, restabelecendo ou energizando tudo que está bloqueado ou em desequilíbrio no corpo, como as doenças, por exemplo:

Aromaterapia


A Aromaterapia é uma prática terapêutica que se utiliza das propriedades dos óleos essenciais 100% puros para restabelecer o equilíbrio e a harmonia pessoal. É uma Terapia holística por atuar nos sistemas físicos, nas emoções e na mente, promovendo a saúde física e o bem estar. Tornou-se um recurso natural muito utilizado na área da cosmética, estética facial, corporal e higiene pessoal.

Reflexologia


A Reflexologia Podal é uma técnica de massagem que utiliza a pressão em determinados pontos dos pés, aos quais correspondem a regiões do corpo humano. De acordo com o grau de desconforto experimentado nos pontos trabalhados, é possível perceber quais as partes do corpo que estão em desequilíbrio.

Acupuntura


A acupuntura é um sistema de atenção à saúde que é baseado na teoria da medicina oriental e práticas correlatas. O diagnóstico e tratamento com base nestas teorias e práticas são utilizados para promover a sua saúde e tratar distúrbios orgânicos e / ou funcionais.
A acupuntura e as práticas da medicina tradicional chinesa têm sido usadas com eficácia no tratamento das doenças por milhares de anos. A Organização Mundial da Saúde lista várias condições que representam os sistemas do corpo que podem efetivamente ser tratados pela medicina chinesa. Estes incluem problemas crônicos e agudos, problemas músculo- esqueléticos, distúrbios digestivos, distúrbios respiratórios, problemas de saúde das mulheres, transtornos como depressão, ansiedade, tratamento no emagrecimento, estética facial e corporal, etc. Mesmo com este reconhecimento, não se pode garantir o resultado dos tratamentos, pois variações individuais, a duração e o nível de profundidade da doença interferem decisivamente no tratamento, assim como seguimento das orientações, mudanças de hábitos estilo de vida.
A acupuntura e as práticas da medicina oriental, propõem um meio, uma metodologia para o tratamento das doenças, e não uma promessa de cura milagrosa e de uma restauração completa ou instantânea da saúde.

Faça sua matrícula!

Seja voluntário para aulas práticas com alunos (com valor simbólico para custos materiais).
Agende uma avaliação se preferir um atendimento com profissional do Instituto.